para acompanhar os novos posts vá ao (novo) Bate Estacas na Blogger aqui

Quarta-feira, 18 de Novembro de 2009

reuniões quase monocórdicas

Olhão, 18 de Novembro de 2009

Está marcada para hoje uma reunião da Câmara de Olhão, a primeira extraordinária desta vereação, para tratar de um orçamento rectificativo ao de 2009 e para aprovação da proposta a levar à Assembleia Municipal sobre os valores do IMI para 2010. As reuniões deste tipo não são abertas à participação do público.
F. Leal, obteve da vereação (com um voto contra, do vereador do BE) poderes quase absolutos para gerir os destinos da Câmara para este mandato, como já tinha no anterior. E continua a governar sem prestar contas, sem pedir e agora a recusar opinião, nem a permitir que seja questionado sobre pedidos de esclarecimentos dos outros eleitos.
Com uma maioria silenciosa e concordante, três vereadores do PS mais dois do PSD, dos quais um, Alberto Almeida, é mais “amém” que os próprios correligionários, e outro, Abúndio Martins, que como cabeça de lista pela oposição nas eleições como vereador ainda não encontrou boa posição na cadeira, só tem encontrado a discordância e voto contrário do vereador João Pereira, eleito pelo BE, com resultados até agora inconsequentes para além do registo em Acta.
Já faz lembrar a oposição da CDU, na anterior Assembleia Municipal, em que o então deputado municipal, Castanheira, se dava por satisfeito por ficarem lavrados na acta os protestos e votos que apresentava e com os resultados que hoje estão à vista.
F. Leal dá-se ao luxo de levar para as reuniões as actas prontas a serem assinadas com a aprovação por unanimidade.
Se as pessoas não tiverem a informação em tempo útil, a cada momento, do que se vai cozinhando sobre a gestão autárquica não poderão desenvolver interesse na sua participação como munícipes.
De hoje a oito dias, no 25, deverá realizar-se uma reunião ordinária com tempo reservado à participação pública, vamos ver como é que os cidadãos vão, e se vão, confrontar a edilidade com as perguntas que Francisco Leal se escusa a esclarecer.
por temas:
publicado por Raul Coelho às 09:46
link do post | comentar | favorito
3 comentários:
De zé dólhao a 18 de Novembro de 2009 às 12:48
o candidato bo bloco de esquerda abandonou a reunião,deixando mais uma vez o leal com as calças na mão e o drº abundio como dirigente do principal partido da oposição , a ver passar os passarinhos.
zé dólhão


De Raul Coelho a 18 de Novembro de 2009 às 18:43

Esta reunião não foi assim tão monocórdica, o veredor do BE desafinou com o coro.


João Pereira não esteve pelos ajustes com a falta do cumprimentodo que a lei estipula para a convocação deste tipo de reuniões e não devendo ela prosseguir nos termos em que estava a decorrer, então foi ele que que não prossegui, saindo.



De AI NANAS a 19 de Novembro de 2009 às 15:24
Fez o deputado municipal do B.E. muito bem
F.Leal esteve durante largos anos de mandato, mal habituado,como se os procedimentos regimentais
da camara (a existerem) fosse Leal o dono.
Algo está a mudar, e com o passar do tempo menos confortavel está o personagem a quem a justiça apelidou de cacique,. Leal ainda pensa que a instituição a que preside,é uma coutada de amigos
aonde ele é dono.


Comentar artigo

google-site-verification: google607e9867b28dd3d1.html


Raul Coelho

o meu canal de vídeo

para acompanhar os novos posts vá ao (novo) Bate Estacas na Blogger aqui

.os autores

.os últimos 10 artigos

. ...

. cidadania - activismo

. ...

. o que podemos esperar est...

. as variantes da 125 em Ol...

. Porta Sim Porta Não

. Ganhos destes e maiores e...

. distribuição da ajuda ali...

. mudei de casa

. água, o que fazemos dela

.a memória do blog

.por temas

. "200 anos"(10)

. "a semana"(3)

. "pinóquio"(27)

. (novo) bate estacas(7)

. ad hoc(30)

. ambiente(3)

. autárquicas2009(11)

. biblioteca(4)

. blog antigo(1)

. cidadania(9)

. história(4)

. museu(4)

. olhao(14)

. património(12)

. requalificação(12)

. ria formosa(3)

. transparência(17)

. urbanismo património(7)

. todas as tags





Fórum olhão ponto org

 

 

 

 

.pesquisar