para acompanhar os novos posts vá ao (novo) Bate Estacas na Blogger aqui

Sábado, 22 de Novembro de 2008

Legião Portuguesa, de novo em Olhão?

Olhão, 22 de Novembro de 2008

 

O Somos Olhão! tinha um mupi, cedido a título de usufruto pelo PCP, no passeio central da Av. da República, frente ao assador de castanhas, com os últimos 3 infOlhão afixados.
Já não tem porque o mupi foi roubado na passada 5ª feira (20) por volta das 16horas.
O mupi estava devidamente legalizado junto da Câmara de Olhão.
Durante a 6ª feira dois membros do SO!, por sinal deputados municipais, tentaram, em vão, entrar em contacto com o vereador João Peres para saber se este sabia de algo.
Hoje sábado , às 15h30, porque, por informações que me fizeram chegar por mãos amigas, soube como tinha sido feito o roubo, interpelei o João Peres à entrada da Biblioteca de Olhão afirmando-lhe em alto e bom som:
tiveste na quarta-feira à tarde um comportamento próprio de legionário. De um comandante de Terço da fascista Legião Portuguesa, quando atacava e destruía a propaganda legal dos oposicionistas.
O que fizeste utilizando os serviços da Câmara e tu a chefiares no local é ilegal.
Exijo o mupi reposto na segunda feira, como cidadão e como membro do Somos Olhão!.”
E mais não lhe disse mas vou passar a dizer agora:
Se o mupi não for reposto na 2ª (24) vou em meu nome e no do SO! (se os seus membros por unanimidade o decidirem) enviar ao Delegado do Procurador da República em Olhão, via CTT, um Express Mail para entrega às 9 horas de quarta-feira com o texto que estão a ler aqui neste momento.
Na 4ª (dia 26) às 10 horas entro no Tribunal para apresentar queixa e de outros casos que têm sido cometidos pelo presidente e colectivo camarário.
O Sr. Delegado abre processo, ou põe-me na rua à força, ou vou preso, o que não é a primeira vez por lutar pela Democracia e a Liberdade.
A Democracia, a Liberdade e a Justiça em Olhão não vão enferrujar.

 rc

publicado por Raul Coelho às 20:39
link do post | comentar | favorito
31 comentários:
De António Paula Brito a 22 de Novembro de 2008 às 21:03
Efectivamente roubar um placard é um acto de vandalismo, mas roubar o placard de um partido ... além de vandalismo é fascismo!
Ainda por cima quando o ladrão é um vereador da Câmara, a mando do seu Presidente, então estamos perante fascismo real, embora muito estúpido, porque apesar de tudo, julgo que ainda não estão criadas as condições para estes autarcas se portarem desta forma fascista sem serem punidos por isso. Para mim é um acto de cidadania elementar punir quem tem estas veleidades fascistóides em Olhão. Independentemente do que lá estava escrito não é seguramente competência legal da Câmara Municipal roubar placards de partidos da oposição.
200 anos depois, o RC demonstra com a sua verticalidade que ainda há olhanenses corajosos!


De MANO CARLOS a 22 de Novembro de 2008 às 23:05
Chama-se a isto terrorismo político, que a meu ver pode abrir precedentes muito complicados.
Os membros dos outros partidos, por esta via têm o mesmo direito de destruir propaganda do partido do Senhor vereador.
É efectivamente uma falta de respeito para todos os Olhanenses até para com os eleitores que o elegeu.
Esta atitude merecia chegar através de um comunicado a todas as pessoas da nossa terra, e porque não um abaixo assinado condenando o facto.
Será para isto que as pessoas votam nestes personagens.
MANO CARLOS.


De Lourenço Mendonça a 22 de Novembro de 2008 às 23:23
De acordo com o que se sabe neste momento, foi a Câmara Municipal que mandou retirar o mupi alegando que conteria frases ofensivas para o Presidente da Câmara, mas que o devolveria "limpo" na 2ª. feira dia 24.
Acontece que na Autarquia não será conhecido o Artº 38º. da Constituição da República Portuguesa, cujos nºs. 1 e 2 dizem:
"1. Todos têm o direito de exprimir e divulgar livremente o seu pensamento pela palavra, pela imagem ou por qualquer outro meio, bem como o direito de informar, de se informar e de ser informados, sem impedimentos nem discriminações.
2. O exercício destes direitos não pode ser impedido ou limitado por qualquer tipo ou forma de censura."
Esperamos que a censura termine definitivamente para os lados do Largo Sebastião Martins Mestre.


De Anónimo a 22 de Novembro de 2008 às 23:23
A questão é efectivamente essa:
Nenhuma Câmara Municipal nem nenhum senhor vereador, tem competência , para considerar que tal ou tal matéria não pode ser publicada e em consequência mandar retirar um placard de propaganda politica.
Se tem alguma coisa a queixar-se será perante os tribunais e portanto não pode uma autarquia erigir-se em juiz de causa própria
Este assunto vai merecer outro desenvolvimento por parte do PCP/CDU.
José M Castanheira


De floripes a 22 de Novembro de 2008 às 23:46
antes do 25 de abril havia a comissão de censura da pide que funcionava na antónio maria cardoso em lisboa. agora segundo testemunhas o francisco leal censura o que está em placars de propaganda,quando estes falam mal dele.
não tendo corajem para pessoalmente praticar o ROUBO ,manda um lambe botas que a tudo se presta,no intuito de conservar o Tacho,dele e de mais alguém.
toda a comunicação social se pôs de pé quando á dias a drª manuela ferreira leite disse que a democracia devia de ir de férias por 6 meses. eu diria a drª que não é preciso a democracia ir de férias ela precisa em olhão é voltar das longas férias que tem tido.
e o que diz disto o partido social democrata desta drª em olhão ? NADA o psd em olhão está silenciado pelo francisco leal a troco de favores imobiliários. a democracia em olhão está podre, mas não pensem que este estado de coisas fica assim, pelo que conheço do rc o caso vai mesmo seguir para tribunal e tem quanto a mim toda a razão de ser.
veremos onde param os democratas deste concelho,e a sua posição contra um acto fascista como este.
floripes.


De floripes a 22 de Novembro de 2008 às 23:54
onde eu digo2 fala mal do leal ".queria dizer fala as verdades que o leal acha que é falar mal pois eu li ,esse placar do somos olhão e o que dizia no cartaz ,eram as questões que são questionadas ao leal e ele não responde ,e agora procedeu desta maneira.todo o cidadão tem o direito de questionar frontalment o seu presidente,e este tem o dever de responder,e quando não responde,e ainda por cima toma atitudes destas é que alguma coisa está muito mal.
Floripes.


De Lourenço Mendonça a 23 de Novembro de 2008 às 08:43
Para que conste, nem todos os militantes do PSD concordam com os comportamentos da Câmara Municipal.
Pena é que a direcção da secção continue muda e queda como um penedo.


De floripes a 23 de Novembro de 2008 às 12:24
caro Lourenço Mendonça peço-lhe pessoalmente desculpas pois eu sei que nem todos os militantes e simpatizantes do PSD em Olhão ,concordam com tal medida. Sei inclusive que você já se manifestou ,contra tal medida ,mas o o queria dizer quando me referia ao PSD em Olhão era ás cúpulas deste partido. Não terão opinião sobre este acto anti -democrático,numa semana em que tanto se falou de democracia por causa das declarações da sua líder ? e a concelhia do PS concorda com tal atitude fascista ,daquele que vai ser candidato por esse partido, ao cargo de presidente da CMO ? será que um partido que as pessoas votam nele por por terem nele lutadores anti facistas ,vai apoiar precisamente quem no dia a dia revela atitudes ditatoriais e fascistas ? e os antigos lutadores anti -fascistas deste concelho, muitos deles exercendo a profissão de defensores da lei ,estarão de acordo com esta medida, que além de fascista vai contra uma das leis da constituição da república ?é que hoje foi uma associação cívica ,mas parece que no dia a dia do nosso concelho ,esses casos são comuns, os problemas não são resolvidos democráticamente,mas sim com o amiguismo e o favorecimento,para mais tarde estes favores serem recompensados.


De Diamantinbo Pereira a 23 de Novembro de 2008 às 07:42
Se, efectivamente, foi a Câmara Municipal que mandou retirar o mupi, pelos motivos expressos neste artigo, parece-nos que o défict de democracia está a estender-se rapidamente e não por se desconhecer as regras decemocráticas, sobejamente divulgadas e conhecidas - Liberdade de expressão e informação - art.º 37.º da Constituição da República Portuguesa e se quiserem exercer o direito do queixa contra os autores dos escritos, constantes no mupi, poderão fazê-lo "democraticamente", socorrendo-se dos art.ºs 187.º do Código Penal - Ofensa a organismo, serviço ou pessoa pública ou 181.º Injúria, conforme o caso - art.ºs 49 e 50.º do Código de Processo Penal. REGRAS DEMOCRÁTICAS CONTERRÂNEOS. Cumprimentos. Diamantino Pereira


De a 23 de Novembro de 2008 às 09:34
Obrigado Sr Diamantino Pereira.
A sua "dioca" irá certamente direitinha às Entidades competentes.
José M Castanheira


De ricardo a 23 de Novembro de 2008 às 17:16
Lamentavel.
Que Segunda-Feira (24.11.08), traga o MUPI de volta ao seu lugar e se possível com toda a informação que estava colocada nele.


De Maria a 24 de Novembro de 2008 às 11:29
Só posso dizer que não me surpreende. Estava aliás surpreendida como os mupis se aguentaram tanto tempo sem isto ainda ter acontecido. Afinal aconteceu tal e qual como esperava.


De Mano Joaquim a 24 de Novembro de 2008 às 15:54
Afinal, a História repete-se.
Já em 1975, se a memória não me atraiçoa, houve um presidente de câmara em Olhão (Carlos Viegas, creio eu) que quis apagar um mural (bem bonito, por sinal), que jovens estudantes do MRPP haviam pintado numa parede de um quintal que havia contíguo ao edifício da Câmara (e eonde depois foi construído o refeitório e a ala dos gabinetes do Presidente e Vereadores e agora já não sei o que por lá anda).
No entanto, em 1975 o povo revoltou-se e nem a Polícia de choque em grande número conseguiu impedir um levantamento popular fantástico, expontâneo, impressionante.
Nesse dia, o povo correu com a Polícia de Choque à pedrada e só a poder de inúmeras granadas de gás conseguiram os seus intentos (caiar o lindo mural).
Hoje, bastou um vereador e uns funcionários para fazr o mesmo, à luz do dia, sem oposição, e ainda por cima com os próprios "valentões" do SO! a fazer de conta que não viram e não podiam ter impedido, ali logo, que levassem o "mupi".
Dito isto, apenas três apontamentos:
1. Assim se demonstra a palermice dos cabecilhas do SO!
2. Fica mais que provado que Francisco Leal, de uma forma ou de outra, tem a oposição toda "comprada" para não o aborrecer;
3. O mesmo Francisco Leal tem um elevado auto-conceito, julgando que toda a gente o admira como o "Marquês de Pombal" de Olhão. Quando há o mínimo sinal de discordância, o homem perde as estribeiras, passa dia e noite a cogitar vinganças e, por vezes, vinga-se da pior maneira.
Em cada tempo, cada um tem a terra, os activistas, os líderes e as histórias que merece.
É a vida...


De o papa cobardes a 24 de Novembro de 2008 às 16:18
falta acrescentar:
e os quéques também.


De Mano Joaquim a 24 de Novembro de 2008 às 16:25
Concordo, "papa Cobardes".
E quem são os quéques?
Os que falam, falam, falam e não dizem nada (ou seja, ajudam ao folclore de um Executivo Municipal sem oposição a sério) ou os que não ajudam à festa?


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 20:12
Parece-me que finalmente temos " lider"
Na opiniao do mano joaquim e preferivel nao dizer nada alias minto so se pode dizer amen a tudo o que toda a gente em Olhao comenta e ve!!!!!!!
Por onde começamos?
Seria bom que dissesem a populaçao a media de ocupaçao que tem o parque de estacionamento do Levante durante a noite e nos meses de Setembro a Junho com os actuais preços!De certeza que nao chega para pagar a empresa de segurança.
A esplanada no Jardim Pescador Olhanense so abre no Festival do Marisco; Porque?
O Palacio na Armona? As vivendas a beira mar etc. nada disto merece uma boca deste mano!
Querer comparar 75 com 2008 vai uma grande diferença em todos os aspectos: cito so um, o clima de medo que se foi instalando faz com que as pessoas tenham ate medo da propria sombra


De MANO CARLOS a 24 de Novembro de 2008 às 22:12
Mano Joaquim, lamento a sua analise ao roubo do mupi.
1º Duvido que o roubo se tenha efectuado ao olhos dos menbros do SO, depois não lhe dá o direito de chamar palermas ás pessoas que denunciam os factos que envergonham a nossa terra.
2º Se pensa que o Marquês de Olhão tem a oposição toda na mão engana-se! Porque ainda temos na nossa terra pessoas que não se vendem por nada deste mundo, pior se vier da mão do Marquês.
3º Pode ser ainda que este elenco camarario responda perante a justiça dos actos que tem vindo a praticar e que procura a todo o custo esconder ( ROUBO DO MUPI) ETC.ETC.
CUMPRIMENTOS MANO CARLOS


De floripes a 24 de Novembro de 2008 às 22:27
não pertencendo ao somos Olhão não posso, deixar de dar a minha opinião , pois segundo sei o mupi é do pc cedido ao somos Olhão , depois aquando do roubo em pleno dia não estava presente nenhum elemento do somos Olhão ,valentões segundo você no sentido pejorativo da palavra, mas valentões a sério não no aspecto físico mas valentes nas acções e questões que tem questionado o presidente ,e ele não têm respondido. a palermice de que você apelida os elementos do somos Olhão ,levou a este acto histérico e desesperado de f.leal . marquês de pombal? tivesse f.leal só um fio de inteligência do Sebastião Homem de Melo , e já seria inteligente, mas não, a inteligência de f. leal deve estar noutra cabeça, mas não ,na que assenta em cima dos ombros. a história repete-se não na questão da pintura onde o meu amigo J.E.entornou um balde de tinta na cabeça do presidentec~.Olhão tem os lideres que tem porque convém repartem o poder ,entre eles ,mas agora andam assustados ,será por medo que se descubram, algumas verdades inconvenientes? alguns divórcios tipo oliveira e costa ,Olhão já teve um caso semelhante com um presidente de câmara e alguém falou disso, o mais engraçado é que se divorciaram e sempre estiveram a viver juntos e juntos sabe-se lá porquê?


De Anónimo a 24 de Novembro de 2008 às 16:05
Depende, se o MUPI for propriedade da autarquia e cedido ao PCP como meio de campanha:

(Afixação e inscrição de mensagens de publicidade e propaganda)
ARTIGO 7.º
( Propaganda em campanha eleitoral )
1. Nos períodos de campanha eleitoral as câmaras municipais devem colocar à disposição das forças concorrentes espaços especialmente destinados à afixação da sua propaganda.

Então o MUPI e propriedade da autarquia, logo:

(Afixação e inscrição de mensagens de publicidade e propaganda)
ARTIGO 8.º
( Afixação ou inscrição indevidas )
Os proprietários ou possuidores de locais onde forem afixados cartazes ou realizadas inscrições ou pinturas murais com violação do preceituado no presente diploma podem destruir, rasgar, apagar ou por qualquer forma inutilizar esses cartazes, inscrições ou pinturas.
(Afixação e inscrição de mensagens de publicidade e propaganda)

ARTIGO 9º
( Custo da remoção )
Os custos de remoção dos meios de publicidade ou propaganda, ainda quando efectivada por serviços públicos, cabem à entidade responsável pela afixação que lhe tiver dado causa.

Para alem disso, se o MUPI tiver sido cedido ao PCP:

(Lei eleitoral) Artigo 214º
(Cedência de direitos específicos de campanha)
Quem ceder e quem beneficiar da cedência de direitos de utilização de meios específicos de campanha é punido com coima (…)



De MANO CARLOS a 24 de Novembro de 2008 às 22:25
Os juízes conhecem melhor que ninguem as leis e os artigos, quando forem julgados os responsaveis pelas construções clandestinas.
Tambem sabem as leis a aplicar a quem se apodera de propriedade alheia.
Tambem sabem as leis a aplicar a quem esconde as contas do festival do marisco ( FESNIMA ).etc.etc.
Não são invenções,está tudo documentado e fotografado e até as coordenadas GPS.
CUMPRIMENTOS MANO CARLOS


De joao pereira a 25 de Novembro de 2008 às 15:52
caros amigos da net se assim lhes posso chamar.Primeiro pedir desculpa não ter estado na bica do dia 20 por motivos de força maior o que me entristeceu muito pois teria muito para compartilhar convosco pois devo ter sido uma das maiores vitimas do sr.presidente da camara pelo motivo de ter tido coragem de denunciar á procuradoria da republica montes de ilegalidades desse sr.fui perseguido e ainda sou por essa coragem.esse sr fez-me tantas que estaria aqui a tarde inteira a escrever.gostaria de saber se era possivel marcarem uma outra bica para trocarmos ideias e conhecimentos de situaçoes anomalas da camara.temos que conseguir tirar esse ditador dali. cumprimentos de um vosso apoiante


De Raul Coelho a 25 de Novembro de 2008 às 16:11
caro joão pereira
a nova bica já está marcada, é para
DIA 4 de DEZEMBRO, na Recreativa Olhanense (rica) às 21horas.
Está convidado e vai ver que não se arrepende.
Mas também temos uma Conferência de Imprensa no mesmo local, dia 29, próximo, às 15horas no mesmo local.
É aberta ao público.
rc


De Mno Joaquim a 25 de Novembro de 2008 às 17:42
Desculpem incomodar a tertúlia de amigos inconsequentes, mas como é dia 25 e havia promessas no ar de tomar medidas se o célebre Mupi que é do PCP mas é do SO! também (que chatice, lá se ficou a ver que atrás dos "movimentos de cidadãos" estão sempre uns funcionáriozitos a puxar os cordelinhos), dizia eu se o célebre Mupi já apreceu ou se é desta que vão prender a cambada que gere (e pessimamente) a Câmara há quase tanto tempo como o Salazar geriu o país.
Por favor, não me mantenham na dúvida e provem-me que não são parte do folclore (o tal folclore que é contra o Polis mas depois vota a favor na Assembleia e no dia a seguir já é contra outra vez).
Mano Joaquim


De Sebastião Homem de Melo a 25 de Novembro de 2008 às 20:49
ao mano joaquim segundo me informaram o placar é do pc mas emprestou ao" somos olhão",que é um movimento de cidadania olhanense que não sei se sabe tem colocado uma série de perguntas ao Sebastião Homem de Melo cá do burgo, mas este tem-se sempre recusado a responder. segundo sei o SO não e controlado pelo pc embora tenha um elemento deste partido ,assim como também tem do psd e de todas as facções politicas existentes em olhão incluindo o ps.
uma espécie de frente unica,par denunciar o que está mal em olhão e tentar dar alternativas para os problemas.
quanto á questão do pólis aí estou completamente de acordo consigo, não se pode votar a favor e depois vir dizer que estão contra.
mas tenho de concordar que estava na hora ,de haver algo ,que fizesse olhão sair desta letargia em que tem estado esses anos todos.pode ser que seja o somos olhão.


De anonimo a 25 de Novembro de 2008 às 22:42
Caro Sebastião Homem de Melo, agradeço que me informe qual a votação em termos de partidos na AM
sobre o polis ? Obrigado.


De Sebastião Homem de Melo a 26 de Novembro de 2008 às 11:04
pode fazer essa pergunta a dois habituais comentadores do barte estacas,que são os deputados minicipais, lourenço mendonça e o deputado castanheira.
eu pessoalmente não frequento nem pretendo frequentar sitios onde a democracia não impera caso da A.M.
só sei que o pólis foi aprovado, e penso que não houve votos contra, poderei estar enganado, mas foi essa a informação que me chegou. esses dois comentadores do bate estacas ,poderão esclarecer a verdade , e se eu estiver errado , peço desde já as minhas desculpas a quem votou contra a aprovação do pólis. onde não se aproveitou a opurtunidade de acabar de vez com a poluição que existe na ria provocada por esgotos clandestinos , e pelo péssimo funcionamento da ETAR de poente, que a CMO tem conhecimento, assim como os restantes partidos que estão representados na A.M. o têm. mas mais uma vez vão gastar o dinheiro em alindar a casa pondo o lixo debaixo do tapete. o mais grave è que este lixo (leia-se esgotos), está à vista de todos como no T na Doca na Horta da câmara e no cheiro que a ETAR de poente emana para a atomosfera e que nós só o sentimos quando estão ventos de oeste.
irão continuar a acenar bandeiras pretas, mas as bandeiras pretas até aqui só tem servido o interrese partidário os viveirista continuam com as amêijoas a morrer a ria continua a ser todos os dias poluida por entidades que a deviam proteger.o caso dos esgotos è preplexo, pois todos nós cidadões pagamos uma taxa de saneamento precisamento para nos tratarem dos esgotos,e eles não estã a ser tratados.
como resolver este problema que há anos anda de cá para lá e de lá para cá?
as pessoas que tem responsabilidades na vida autárquica ,terão de responder a isso ,não só nas próximas eleições mas já!qual o futuro da ria se ela continuar a ser poluida?
quem são os responsáveis?


De anonimo a 26 de Novembro de 2008 às 14:48
Caro Sebastião Homem de Melo, agradece-lho o conselho, irei perguntar ás pessoas que me indicou na proxima reunião do SO.
Cumprimentos.


De Polícia a 25 de Novembro de 2008 às 17:54
Ó João Pereira
É na Recreativa Rica, mas não há batota de cartas!!! É só batota de demagogia!!!


Comentar artigo

google-site-verification: google607e9867b28dd3d1.html


Raul Coelho

o meu canal de vídeo

para acompanhar os novos posts vá ao (novo) Bate Estacas na Blogger aqui

.os autores

.os últimos 10 artigos

. ...

. cidadania - activismo

. ...

. o que podemos esperar est...

. as variantes da 125 em Ol...

. Porta Sim Porta Não

. Ganhos destes e maiores e...

. distribuição da ajuda ali...

. mudei de casa

. água, o que fazemos dela

.a memória do blog

.por temas

. "200 anos"(10)

. "a semana"(3)

. "pinóquio"(27)

. (novo) bate estacas(7)

. ad hoc(30)

. ambiente(3)

. autárquicas2009(11)

. biblioteca(4)

. blog antigo(1)

. cidadania(9)

. história(4)

. museu(4)

. olhao(14)

. património(12)

. requalificação(12)

. ria formosa(3)

. transparência(17)

. urbanismo património(7)

. todas as tags





Fórum olhão ponto org

 

 

 

 

.pesquisar